Grace, acaba de terminar um relacionamento de 15 anos. Destroçada, retorna a cidade natal de Chester, Georgia. Tudo o que ela mais quer, é reconquistar o marido, mas ao chegar na cidade, onde ele também mora, descobre segredos que irão partir seu coração. Em meio ao turbilhão de emoções, encontra o problemático, Jackson Emery.

Jackson, tem um pai alcóolatra e traumas do passado. Considerado a ovelha negra de Chester, ele faz de tudo para afastar as pessoas, e usa as mulheres para controlar outros vícios. O destino acaba colocando Grace, em seu caminho, e como duas almas destroçadas, eles irão encontrar o conforto imediato que precisam, mas isto não será o bastante para curar as feridas profundas de cada um.

“Será que o amor desapareceu por causa do sofrimento ou do tédio?”

Vergonha

Brittainy C. Cherry

Preciso dizer que foi uma “vergonha” demorar tanto para ler este livro. Ele é simplesmente incrível e tocante. Foi meu primeiro contato com a autora, e me identifiquei muito com sua escrita.

Grace é uma mulher machucada por perdas, ela passou a vida confiando nas pessoas, e foi traída por aqueles que mais amava. Ver sua superação e a procura da felicidade, foi revigorante.

Jackson, é um rapaz destruído e tem um pai amargo que desconta a infelicidade na bebida. Ele, é o típico bad boy que amamos! Seu entrosamento com Grace é complicado e emocionante ao mesmo tempo. Ver os dois buscarem seus objetivos e a cura de suas feridas foi maravilhoso.

Finalizo dizendo que o sentimento que ficou ao terminar o livro, foi de esperança.

“Talvez o amor seja isso: algo que vai desbotando com o tempo até se tornar algo extremamente imóvel.”

“Estar em casa cura.”

Deixe uma resposta