Alex Lind, desapareceu em um belo dia, no ano de 2002, sem deixar rastros ou vestígios. Ao acordar, descobre que está muito longe de casa, e não apenas em localidade, mas sim no ano de 1658.
Matthew Graham, um condenado fugitivo, se depara com uma bela e estranha mulher, a princípio sente-se atraído em ajudá-la, mas conforme os dias no pântano escocês se passam, ambos percebem que na dificuldade, podem surgir novos sentimentos. Sem esperanças de voltar para casa, Alex deverá se acostumar com novos modos e tradições, ao lado de Matthew. Mas será que seu novo lar e o amor serão o bastante para que ela não queira mais voltar de onde veio?

Sob o Véu do Tempo

Anna Belfrage

Ao receber este livro, fiquei extremamente curiosa para conhecer a história de Alex e Matthew! Amo enredos que envolvem viagens no tempo, e este não me decepcionou.
Alex é uma protagonista poderosa, com gênio forte e com uma história de vida interessante. Ao se deparar com a nova realidade, enfrenta seus medos com muita coragem e gosta de colocar Matthew em seu lugar.
Matthew, é um homem endurecido pelo passado. Preso injustamente, teve a chance de fugir, e agora encontra uma nova chance ao lado de Alex. Nosso protagonista é um homem de costumes antigos, e até mesmo para mim foi estranho ler algumas cenas, mas é compreensível no ano em que eles vivem.
A autora tem uma escrita direta e objetiva, trazendo uma leitura rápida e envolvente. Estou ansiosa para saber mais sobre a saga dos Graham e torcendo pelo nosso casal, e por aqueles que ficaram para trás. Recomendo para os fãs de Outlander.

Como Um Sopro do Vento (The Graham Saga – Livro 2)

Compre na Amazon

2 thoughts on “Resenha |Sob o Véu do Tempo, de Anna Belfrage

Deixe uma resposta