Fragilizada pela morte da mãe e a miséria na Itália, Angelina aceita a proposta de um estrangeiro rico que oferece não só casamento, mas também conforto para seu pai e sua irmã caçula. Decidida a ajudar a família, ela embarca para um país distante tendo como companhia somente a escrita e os romances que ama, já que durante a viagem o marido se revela muito diferente do príncipe que sonhou um dia conhecer. Vincenzo também tem o Brasil como destino e, por uma traição, vê seus sonhos roubados logo que desembarca no novo país. E é na fazenda de um barão do café, onde Angelina é senhora e também vítima do marido cruel, que Vincenzo acaba achando trabalho. Em meio a encontros e conversas nasce entre ambos uma amizade verdadeira e uma paixão secreta que pode colocar em risco não apenas a vida deles, mas também a segurança de outras pessoas. Vincenzo e Angelina teriam coragem o bastante para esquecer as proibições, passar por cima dos perigos e viver esse grande amor?

Lágrimas de Amor e Café

Babi A. Sette

Este foi meu primeiro contato com a autora, e antes de finalizar o livro, já posso dizer que estou apaixonada pela escrita dela. Os capítulos são curtos, a escrita é fluída e maravilhosa de acompanhar. Uma das curiosidades sobre a obra, é que no início de cada capítulo, temos o nome de uma família italiana que migrou para o Brasil, e isso é encantador de ver.

2 thoughts on “Resenha | Lágrimas de Amor e Café, de Babi A. Sette

  1. Carla Guedes
    Carla Guedes says:

    Ouvi já muitos elogios em relação a esse livro. Adorei saber que cada capítulo trás o nome de uma família italiana que emigrou para o Brasil.

Deixe uma resposta