Já se imaginou indo para o passado ou para o futuro e tendo que se readaptar a uma realidade completamente diferente?

Com certeza não deve ser fácil, no entanto, não podemos negar que esse tipo de história é sempre uma aventura, né? Por isso, vou listar 6 livros com viagem no tempo pra você ler e acompanhar os perigos e novidades junto dos personagens 🙂

Outlander

Uma das séries mais famosas do mundo foi inspirada nas obras de Daiana Gabaldon.

A ordem de leitura é:

A Viajante do Tempo 
A Libélula no Âmbar 
O Resgate no Mar 
Os Tambores de Outono 
A Cruz de Fogo 
Um Sopro de Neve e Cinzas 
Ecos do Futuro 
Written In My Own Heart’s Blood (livro não lançado no Brasil ainda)
Go Tell the Bees That I Am Gone (sendo escrito no momento)

Sinopse A Viajante no Tempo

Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.
Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

Perdida

Perdida é a série da autora nacional Carina Rissi. A autora já fechou contrato para adaptação às telonas ou telinhas, mas ainda não temos previsão para que isso aconteça.

A ordem de leitura é:

Indomada (com previsão de lançamento para 2021)

Sinopse Perdida:

Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam.
Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke.
Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos… “Perdida” é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página.

Chronos: viajantes do tempo

Chronos: viajantes do tempo é o primeiro volume da Trilogia Chronos da autora Rysa Walker e chegou a ganhar o prêmio Amazon Breakthrough Novel Award em 2013.

A ordem de leitura é:

Chronos: viajantes no tempo
Chronos: limites do tempo
Chronos: fragmentos do tempo

Sinopse Chronos: viajantes no tempo

Na vida, tudo tem uma ordem certa para acontecer: os sapatos devem ser colocados depois das meias, a geléia deve ser passada no pão depois da manteiga — netos nascem depois dos avós. Kate Pierce-Keller nunca havia dado atenção a este último item, até sua avó surgir com revelações e um objeto que podem colocar sua existência em risco.
CONSPIRAÇÕES, A CHAVE PARA A ETERNIDADE E UM ASSASSINO EM SÉRIE
Os eventos da premiada Trilogia Chronos se iniciam quando Kate descobre que sua avó é uma historiadora viajante do tempo — nascida alguns séculos à frente, mas presa ao presente por conta de um acidente — e possui um artefato, um medalhão azul reluzente, que permite realizar saltos temporais para qualquer época e local.
Tudo parece um absurdo no início, mas uma leve interferência na linha temporal faz com que os pais de Kate sumam do mapa e ela seja a próxima da lista. Arriscando sua vida, ela aceita a missão de tentar voltar no tempo para evitar um homicídio que é a chave de tudo e colocar as coisas no seu devido lugar. Mas se ela for bem sucedida, a interferência também terá um custo pessoal.
Neste primeiro volume, o leitor é transportado para a Exposição Universal de 1893, em Chicago, quando a Roda Gigante foi apresentada pela primeira vez e o serial killer H. H. Holmes dirigia um hotel construído especialmente para receber os visitantes da feira (e sumir com seus corpos). Em meio a tantos fatos históricos e curiosos, Kate precisa agir pontualmente para não estragar nada, e ainda impedir a ascensão de um culto religioso bastante poderoso que ameaça afetar o universo como o conhecemos.

Kindred – Laços de sangue

O livro de Octavia E. Butler  já vendeu mais de meio de milhão de cópias por todo o mundo. Kindred é um romance histórico que incorpora viagens no tempo e aborda sobre a escravidão.

Sinopse Kindred:

Em seu vigésimo sexto aniversário, Dana e seu marido estão de mudança para um novo apartamento. Em meio a pilhas de livros e caixas abertas, ela começa a se sentir tonta e cai de joelhos, nauseada. Então, o mundo se despedaça.
Dana repentinamente se encontra à beira de uma floresta, próxima a um rio. Uma criança está se afogando e ela corre para salvá-la. Mas, assim que arrasta o menino para fora da água, vê-se diante do cano de uma antiga espingarda. Em um piscar de olhos, ela está de volta a seu novo apartamento, completamente encharcada. É a experiência mais aterrorizante de sua vida… até acontecer de novo. E de novo.
Quanto mais tempo passa no século XIX, numa Maryland pré-Guerra Civil – um lugar perigoso para uma mulher negra –, mais consciente Dana fica de que sua vida pode acabar antes mesmo de ter começado.

Uma dobra no tempo

A trilogia de Madeleine L’Engle é um clássico da fantasia e da ficção científica emerge. Uma ótima dica pra quem curte sci fi misturado a um universo fantástico.

A ordem de leitura é:

Uma dobra no tempo
Um vento à porta
Um planeta em seu giro veloz

Sinopse Uma dobra no tempo:

Era uma noite escura e tempestuosa; a jovem Meg Murry e seu irmão mais novo, Charles Wallace, descem para fazer um lanche tardio quando recebem a visita de uma figura muito peculiar.
“Noites loucas são a minha glória”, diz a estranha misteriosa. “Foi só uma lufada que me pegou de jeito e me tirou da rota. Descansarei um pouco e seguirei meu rumo. Por falar em rumos, meu doce, saiba que o tesserato existe, sim.”
O que seria um tesserato? O pai de Meg bem andava experimentando com a quinta dimensão quando desapareceu misteriosamente… Agora, com a ajuda de três criaturas muito peculiares, chegou o momento de Meg, seu amigo Calvin e Charles Wallace partirem em uma jornada para resgatá-lo. Uma jornada perigosa pelo tempo e o espaço.
Uma dobra no tempo é uma aventura clássica, que serviu de inspiração para os mestres da fantasia e da ficção científica do mundo, agora adaptada para os cinemas pela Disney. Junte-se à família Murray nesta jornada, entre criaturas fantásticas e novos mundos jamais imaginados.

A mulher do viajante no tempo

A obra de Audrey Niffenegger teve até mesmo uma adaptação para filme, pra quem se interessar. A mulher do viajante no tempo fala, especialmente, sobre como o verdadeiro amor é capaz de transpor todas as barreiras, inclusive a do tempo.

Sinopse A mulher do viajante no tempo:

Quando se conhecem, Henry tem 28 anos e Clare, vinte. Ele é um moderno bibliotecário; ela, uma linda estudante de arte. Os dois se apaixonam, se casam e passam a perseguir os objetivos comuns à maioria dos casais: filhos, bons amigos, um trabalho gratificante.
Mas o seu casamento nunca poderá ser normal. Henry sofre de um distúrbio genético raro e de tempos em tempos, seu relógio biológico dá uma guinada para frente ou para trás, e ele então é capaz de viajar no tempo, levado a momentos emocionalmente importantes de sua vida, no passado ou no futuro. Os deslocamentos são imprevisíveis e Henry é incapaz de controlá-los.
A cada viagem, ele tem uma idade diferente e precisa se readaptar mais uma vez à própria vida. E Clare, para quem o tempo passa normalmente, tem de aprender a conviver com a ausência de Henry e com o caráter inusitado de sua relação.
E aí, curtem livros com viagem no tempo? Que outras indicações vocês têm?

4 thoughts on “Dicas de livros com viagem no tempo

  1. Avatar
    Aline says:

    A mulher do viajante do tempo é muito bom, vale a pena demais. Comecei a ler sem expectativas e me surpreendeu demais. Além da series outlander e perdida q são perfeitos tb.

Deixe uma resposta