Emily em Paris é uma série da Netflix estrelada por Lily Collins. Nessa comédia romântica, iremos conhecer Emily, que trabalha com marketing digital em uma empresa de Chicago, mas recebe a oportunidade de passar um tempo em Paris à trabalho.

Apesar de não falar francês e se mudar de continente não estivesse em seus planos ou nos de seu namorado, Emily decide aceitar a proposta por considerar uma grande chance em sua carreira.

Porém, ao chegar em Paris, Emily se sente deslocada e solitária. Sua chefe, Sylvie, não a aprova e seu namorado decide terminar o relacionamento à distância.

No entanto, Emily não vai se deixar abalar e irá mostrar aos parisienses para o que veio.

Opinião:

Emily em Paris é uma série romântica, fofa e divertida que me gerou várias gargalhadas e shipps.

A primeira temporada tem 10 episódios de aproximadamente 25/30 minutos cada.

Em relação ao casal, teremos aí um triângulo amoroso (o que eu adoro!). Emily ficará amiga de seu vizinho Gabriel (Lucas Bravo), que é chef de um bistrô próximo ao prédio onde moram. Com o tempo, uma forte atração entre os dois começa a surgir. No entanto, Gabriel namora com Camille (Camille Razat), uma garota incrível que também cria um forte laço de amizade com Emily.

Preciso dizer que adorei o fato da Emily ser uma mulher bem resolvida, determinada e independente e também amei os personagens secundários, como a Mindy (Ashley Park), uma ex-cantora chinesa que fugiu de seu país após passar vergonha em um programa de talentos, e o Julien (Samuel Arnord) e Luc (Bruno Gouery), que trabalham com Emily no escritório parisiense.

Um dos pontos mais fortes dessa série é o fato dos personagens serem complexos, carismáticos e muito críveis, além da ótima diversidade que o seriado apresenta.

E, apesar de saber que há alguns estereótipos (especialmente em relação aos parisienses), é um programa leve e aconchegante.

Sem dúvida, foi uma das melhores séries de 2020 e não vejo a hora de sair a segunda temporada. Infelizmente, isso não deve acontecer antes de setembro de 2021.

O jeito é aguardar! Mas, e você, já assistiu Emily em Paris?

Caso ainda não tenha visto, aproveite para assistir ao trailer aqui:

Deixe uma resposta