Após a devastação da América do Sul, num futuro distante, uma cidade modelo é criada. Nela existem crianças prodígios criadas apenas com um único propósito: descobrir meios para salvar a humanidade, e enfrentar a crise ambiental em que se encontram. Mas com uma onda de desaparecimentos na base, Danna, descobre mais do que deveria, e agora deverá tomar decisões para salvar aqueles que não podem se defender, e enfrentar o sistema.

Prodígio

Daniela Arezzo

Confesso que comecei o livro sem expectativas, e me pergunto porque não leio mais livros assim! A trama é envolvente e bem criada. O mundo onde vivem hoje, nos remete a realidade em que vivemos, e que um dia isso realmente pode se tornar realidade. A forma como tratamos nosso meio-ambiente, pode nos trazer graves consequências no futuro.

Danna, é uma personagem sagaz, inteligente (óbvio, é uma prodígio), e tem percepção de muitas coisas ao seu redor. Ao descobrir o que realmente acontece entre o sistema dos poderosos, enfrenta problemas, mas é só o começo de uma guerra.

Com uma narrativa bem contruída, a autora me deixou ansiosa por mais. Me lembrou tanto a série Divergente, que amo!

Deixe uma resposta