Nina Redmond é uma bibliotecária que ama seu emprego e tudo relacionado a esse, como ler e indicar livros para os leitores. Quando a biblioteca onde trabalha é fechada e se torna difícil encontrar um emprego em sua área, Nina tem a ideia de comprar uma van e fazer uma pequena livraria itinerante.

Apesar do medo, do fato de ninguém apoiar sua ideia e de muitas dificuldades para colocar seu plano em prática, Nina usa todo seu dinheiro e larga tudo para trás para itinerar sua livraria pelo interior da Escócia, tentando levar um pouco de alegria para os moradores da região.

A PEQUENA LIVRARIA DOS SONHOS

Jenny Colgan

Vou confessar que eu estava com certo medo de ler esse livro pelo fato do nome ser bem parecido com o de um outro livro que detestei, mas eu realmente não precisava: A Pequena Livraria dos Sonhos é um AMOR de livro e eu amei poder conhecer essa história.

Eu me identifiquei demais com a Nina, principalmente por conta da paixão por livros. Ao longo das páginas, pudemos ver Nina, de fato, evoluindo enquanto ser humano. Apesar de muito receio, dúvidas e gente que não acreditava nela, ela sai da sua zona de conforto, encontra sua força, um lugar onde ela realmente pertence, se torna uma pessoa melhor e também ajuda outras pessoas a serem mais felizes (seja através da leitura ou simplesmente só porque ela se importa).

Esse livro nem precisaria de um romance para ser bom, já que se trata mais sobre a auto descoberta e sobre entender que podemos e devemos realizar nossos sonhos e buscar nossa felicidade, mesmo que o mundo inteiro esteja contra nós. Mas, é claro, somos agraciados com uma história de amor bem desenvolvida, mas que não é previsível e nem o principal objetivo da história. Super recomendo esse livro e já estou doida para ler os outros da autora.

Esse livro faz parte da coleção de “Romances de Hoje”, da Editoria Arqueiro.

2 thoughts on “Resenha | A pequena livraria dos sonhos, de Jenny Colgan

Deixe uma resposta