Você já deve ter ouvido sobre a Jornada do Herói, não é mesmo? Mas, por acaso, sabe exatamente como ela funciona ou de onde surgiu?

Se sua resposta foi “não”, que tal descobrirmos juntos?

O conceito da Jornada do Herói veio à tona a partir da análise de Joseph Campbell, em seu livro O Herói das Mil Faces, lançado em 1949, e se tornou mundialmente conhecido. Em especial, quando se trata de literatura e cinema.

Os mitos e histórias épicas existem desde o início da humanidade e isso não é para a menos. A verdade é que todos nós gostamos de histórias e seu desenrolar, não é mesmo?

Foi com essa percepção que surgiu a ideia do Monomito (também conhecida como a Jornada do Herói) e o passo a passo para construção do Storytelling.

Para quem não conhece o termo, o Storytelling é a arte de contar histórias usando técnicas inspiradas em roteiristas e escritores a fim de transmitir mensagens de maneira inesquecível e através de uma perspectiva única, levando à identificação.

Também cheguei a falar um pouco sobre isso na matéria Dicas de escrita para autores iniciantes. Afinal, uma boa história desperta o interesse, a emoção e a identificação do leitor. Consequentemente, gerando valor à obra.

Na Jornada do Herói, vemos as etapas a serem seguidas durante a construção da trajetória do nosso personagem. Vamos ver quais são?

Clique para ampliar
Imagem do Rock Content

Ato I – Partida

  • O mundo comum

Aqui, nosso protagonista está vivendo seu cotidiano como sempre. É quando o conhecemos, descobrimos o que faz, suas qualidades e defeitos. É o momento de conexão entre o personagem e o leitor.

  • O chamado à aventura

Agora, algo aconteceu e mudou a vida do nosso herói de cabeça para baixo por conta de algum problema ou conflito. Nesse momento, ele precisará abandonar a vida que conhecia, lidar com os desafios e ir em busca de uma solução.

  • Negação ao chamado/Relutância à mudança

Mudanças podem ser assustadoras e veremos nosso protagonista se recusar a fazer algo e até mesmo tentar ignorar a situação. Tudo para que possa continuar com a vida que já conhece.

  • Superação da relutância

Em algum momento, como na vida real, precisaremos superar nossos medos e relutâncias para fazer o que deve ser feito. No caso do nosso herói, pode ser o encontro com um mentor ou algo sobrenatural que lhe dá a coragem necessária para seguir em frente.

Ato II – Iniciação 

  • Cruzamento do limiar

Nesta etapa, o protagonista está preparado para lidar com os obstáculos. É a primeira grande mudança da jornada do herói. Em termos de realidade, pode ser um novo emprego ou uma mudança de casa, por exemplo. É o momento em que os leitores se sentirão conectados com o personagem, que está vivendo algo que eles já viveram.

  • Provas, aliados e adversários

A partir de agora, a grande aventura começa! Conforme nosso herói vence pequenas provas e obstáculos, ele ganha mais coragem e experiência. É dessa forma que ele vai conseguir identificar quem são seus aliados (amigos) ou adversários (inimigos), em quem deve ou não confiar.

Se pararmos para pensar, é bem similar à vida real, certo? São nos momentos de dificuldades que descobrimos quem está ao nosso lado de verdade.

  • Aproximação

Essa fase, em geral, é focada em um momento quando o protagonista teve êxito durante suas provações, mas ainda precisa enfrentar de vez seus medos para seguir a jornada.

  • Provação

Chegou a hora do grande desafio e nosso herói precisará reunir sua coragem e todos os aprendizados que acumulou durante a jornada para vencer seu maior problema de uma vez por todas.

  • Recompensa

Ele conseguiu e saiu vitorioso. Foi mais forte que o medo e enfrentou seus obstáculos. Agora, é o momento de ganhar sua recompensa.

Ato III – Retorno

  • O Caminho de Volta

Como o título já diz, chegou a hora do nosso herói retornar para sua vida comum com o dever cumprido.

  • Ressurreição

É a etapa em que acontece a última grande mudança para o nosso protagonista. Um novo perigo surge e pode colocar tudo a perder, e ele terá que derrotar o inimigo (seja qual for) de uma vez por todas. É a comoção final que todos nós esperamos. O renascimento do herói e o início de uma vida verdadeiramente feliz e cheia de esperanças e expectativas.

  • Retorno final

O herói volta à sua origem como uma nova pessoa após suas conquistas e mudanças.

E, fim!

Eu sei, eu sei, são muitas etapas! E, muitas vezes, elas têm nomes diferentes dependendo da sua fonte de pesquisa.

Também existe uma maneira mais simples de determinar o passo a passo da jornada do nosso herói. Um exemplo, é este vídeo aqui:

Contem pra mim, gostaram de conhecer um pouco mais sobre a Jornada do Herói?

4 thoughts on “O que é a Jornada do Herói?

  1. Avatar
    Carla Guedes says:

    Adorei saber mais sobre a jornada do herói. As vezes eu assisto séries e filmes identificando as etapas e minha mãe fica doida cmg!

Deixe uma resposta