Uma coletânea de contos de horror, escritos por autores do gênero. O desenvolvimento dos contos não foram em um dia simples no cotidiano destes escritores, eles foram criados no Ghost Story Challenge, um evento anual organizado pela Alberst (Associação Brasileira de Escritores de Romance Policial, Suspense e Terror. Os autores foram confinados em um sítio no interior de São Paulo. Assim, foram criadas das mais diversas e temidas estórias.

Numa Floresta Sombria

Aberst

Não tive dúvidas quando escolhi receber esta antologia da editora. Sou fã de suspense e horror, por isso aproveitei muito a leitura.
São contos variados, com uma coisa em comum: uma floresta sombria. Podemos encontrar desde lendas sombrias, criaturas bizarras até entidades vingativas. Temos dos mais diversos aspectos e características, cada autor tem seu toque especial.
Claro que favoritei alguns contos mais do que outros, mas deixo aqui minha dica para que cada um tire suas próprias conclusões.

Associação Brasileira de Escritores de Romance Policial, Suspense e Terror

Quem faz:

Tito Prates, Alexandre Tavares Sergio, Valquíria Vlad, Jhefferson Passos e Sandra Abrano.

2 thoughts on “Resenha |Numa Floresta Sombria, de Aberst

Deixe uma resposta